Living The Life Without Labels

Posts com tag “evangelho

Portas abertas para o Metal Cristão: Antidemon em missão em Cuba

15894845_1839893179587768_248459936943856724_n

Após a morte do ditador comunista Fidel Castro, abre-se um novo horizonte para o cristianismo em terras cubanas. O líder da Antidemon, Pr. Batista, deixou o recado no Facebook neste dia 3 de janeiro. Segue a transcrição traduzida em português, publicada na página Antidemon En Cuba:

Na reta final de preparação para a nossa missão em Cuba, que terá lugar no final do mês de fevereiro de 2017, gostaríamos de convocar os guerreiros e aliados deste projeto de salvação. Muitos já nos enviaram mensagens… Muitos estiveram e estão em oração… alguns foram capazes de nos ajudar enviando algumas ofertas… e por pequena que fosse, nos encorajou a nunca desistir de chegar a Cuba. Ainda temos uma grande lista de necessidades para esta missão a ser feita… porque, como já tínhamos informado, em Cuba, ninguém pode nos ajudar financeiramente. Será tudo por nossa conta! As viagens aéreas (um irmão já nos garantiu a compra das viagens de ida e volta), hospedagem, alimentação e transporte interno… tudo terá ofertas voluntárias de pessoas como você.
Então, se você sentir de estar conosco nesta missão… escreva para nós e transmita os nossos dados. Não importa o quão pequena seja a tua ajuda, certamente adicionados a outros vai fazer uma diferença enorme e nos dar a oportunidade de conhecer esse desafio. Lembre-se de enviar o seu nome completo para pintar a bandeira de Cuba que queremos para fazer flicker em cada evento.
Um grande abraço.
Que Deus abençoe.
Batista Antidemon.”

Então, chegou a nossa vez! Vamos ajudar a espalhar a mensagem do Evangelho em Cuba!


Baby é vaiada após comentário dito “preconceituoso” em bloco LGBT

baby_show_natal-e1455219182190

Por

“Apesar das kengas, todo homem para mim é homem. O que talvez tenha faltado é uma boa mulher”. Foi com essa frase que a cantora Baby do Brasil “agradeceu” o convite para representar o bloco de travestis, drag queens e gays Desfile das Kengas, no último domingo, em Natal. O que aconteceu? Ela recebeu vaias do público e até ofensas em sua conta no Facebook.

Baby tentou se explicar via Facebook, escreveu que tem amigos e membros da família homossexuais e que o significado de seu comentário foi, na verdade que “não importa a escolha sexual, pois ela não invalida um homem ser homem ou uma mulher ser mulher”, escreveu.  “Tenho amigos gays que são tão maravilhosos que me casaria com um deles (…)”, acrescentou.

declaracao-completa

Seguidores da famosa, no entanto, não perdoaram o mal entendido e a acusaram de ser preconceituosa, de não apoiar a causa LGBT e “estar cega” pelas crenças da igreja – Baby se tornou evangélica nos anos 1990. Os mais de 200 comentários na página de Baby se misturam entre críticas, decepções e apoio à cantora:

albertino-figueired-e1455219687475

defesa-baby2-e1455219702109kelwin-willian-e1455219716458defesa-baby-e1455219731855

Fonte: Vírgula


Tem algo errado se você é cristão e não tem inimigos, diz pastor John Piper

john-piper-e1449762127462

O pastor, escritor e teólogo John Piper publicou um vídeo recentemente alertando sobre os riscos de ser, viver, falar e compartilhar tudo que a sociedade impõe, e sintetizou afirmando que ser cristão é fazer inimigos.

As fortes palavras de Piper precisam ser colocadas em contexto, pois foram proferidas a partir da fala de Jesus que diz que as pessoas que são precedidas por boa reputação popular podem ser seduzidas: “Ai de vocês, quando todos falarem bem de vocês, pois assim os antepassados deles trataram os falsos profetas”, disse Jesus (Lucas 6:26).

Alertando aos irmãos na fé, Piper diz: “Se você não tem nenhum inimigo, sua vida cristã provavelmente não está sendo muito bem conduzida”.

O pastor acrescenta ainda mais argumentos contra a vida politicamente correta escolhida por muitos cristãos: “Jesus disse: ‘Basta ao discípulo ser como o seu mestre, e ao servo, como o seu senhor. Se o dono da casa foi chamado Belzebu, quanto mais os membros da sua família! (Mateus 10:25)’. O que significa que se Jesus foi criticado, o que dizer de nós? Então, se você é um seguidor de Jesus, é fato que você vai ter inimigos. E se você não tiver isso, você só pode estar no caminho errado”.

Piper não ignorou o fato de que os cristãos são orientados a responder com amor aos inimigos, mas questiona sobre o que seria esse “amor” em casos que, conscientemente e voluntariamente, as pessoas fazem coisas erradas.

Em sua reflexão, novamente, Piper aponta para a Bíblia, lembrando que o homem foi salvo por Deus quando ainda era seu inimigo: “’Se quando éramos inimigos de Deus fomos reconciliados com ele mediante a morte de seu Filho, quanto mais agora, tendo sido reconciliados, seremos salvos por sua vida! (Romanos 5:10)’ Você não fez amizade com Ele antes da mudança acontecer em você e te salvar. Assim, a origem, a raiz, de como amar nossos inimigos é a experiência de ser amado como um inimigo de Deus”, sugeriu.

“Uma das razões pelas quais é difícil amar nossos inimigos é porque parece que nós estamos deixando que eles fujam com o assassinato”, diz Piper. “Ninguém fica indiferente com um assassinato ou qualquer outra coisa. ‘A vingança é minha. Eu retribuirei, diz o Senhor’”, conclui o pastor, pontuando que o papel do cristão é apontar os erros e oferecer a solução, e que nesse processo, invariavelmente, inimigos serão feitos, mas que Deus se responsabilizará por isso.

Fonte: Gospel+


Conheça o Ministério Felipe Pessoa e o Projeto Missionário Haja Fome de Deus em Ti – EUROPA

10406786_728452660597720_6200670827235088147_n

Há um tempo atrás, o jovem pastor Felipe Pessoa teve a oportunidade de morar em Londres, Inglaterra. Conheceu uma parte da Europa, muitas pessoas e várias religiões. Passou a orar e sonhar com aquele Continente.

A Europa foi o berço e exportadora do avivamento, onde a maioria dos grandes pregadores da história do cristianismo passaram, e hoje está morrendo espiritualmente.

São 46 países, 10 territórios, e 60 línguas e dialetos. Os dados da igreja evangélica são terrivelmente assustadores.
Pesquisas dizem que 70% dos europeus são cristãos. Dentre eles, menos de 10% são protestantes e pouco mais de 2% são considerados evangélicos.

A missão é comunicar para os europeus (jovens e adolescentes inicialmente) o poder da Palavra; sendo eles também cheios de fome de Deus.

Já foi traduzido o HAJA FOME DE DEUS EM TI para o Inglês e Espanhol, e logo também estará em Italiano, Francês e Alemão. Felipe Pessoa tem orado e está começando a trabalhar para que a Europa viva novamente um avivamento.

Agora, 7 anos após uma ideia inicial, é tempo de atitude. O projeto está pronto e vamos colocar em produção. ‪#‎HajaFomeDeDeusEmTiEUROPA‬

DESAFIOS

– Preconceito
Existe na igreja brasileira o pensamento, e por vezes certeza, que a Europa não é um campo missionário, mas um lugar de passar férias, de se arriscar para ter dinheiro e melhores condições de vida. Conheço pastores e missionários na Europa que sofrem muito por pensarem que são aproveitadores. Por esse motivo a carência de missionários e pregação do evangelho genuíno é urgente por lá.

– Falta de Recursos
Levantar patrocínio e sustento para esta missão é muito complicado uma vez que a igreja não vê as pessoas com fome ou necessitadas de recursos naturais. Veem o nordeste e África como únicos locais realmente necessitados. Soma-se a isso o alto custo de vida na Europa. Em média, é preciso quatro vezes mais em relação a países da Ásia para se manter uma família na Europa.

META

Inicialmente é levar material evangelístico do Ministério, produzir mensagens traduzidas para a língua nativa, fazer algumas alianças com lideranças locais, conhecer os locais de possível apoio e atuação, definir planos e estratégias de pregação da Palavra.
Para isso precisamos levantar 400 cotas de R$50 (quatrocentas cotas de cinquenta reais). Um total de R$20mil (vinte mil reais).
Você pode ofertar quantas cotas quiser e puder.

PERÍODO

A viagem será entre os dias 5/ago/2015 e 31/ago/2015.

LOCAIS

Esperamos em Deus estar na Inglaterra, França, Espanha, Itália, Portugal, Grécia, Suíça, Holanda.

CONTRIBUIR

Envie um email para hajafomededeusemti@gmail.com com o título EUROPA
Será respondido com todas as orientações para sua oferta.

OFERTE! COMPARTILHE!

Vamos juntos!

‪#‎HajaFomeDeDeusEmTi‬
‪#‎LetThereBeAHungerForGodInYou‬
‪#‎HayaHambreDeDiosEnTi‬

Ministério Felipe Pessoa no Facebook


Pastor faz culto ao som de Coldplay e Jota Quest, e diz: “Jesus não ouvia música cristã”

pastor-lipao

Por Tiago Chagas

A aposta de um pastor em inovação para atrair jovens vem causando bastante burburinho na comunidade evangélica e também na mídia.

A ideia de Filipe Falcão, 26 anos, mais conhecido como pastor Lipão, é que as pessoas reconheçam o ministério Onda Dura como uma igreja fora dos padrões: “Não queremos ser mais uma igreja, o segredo é ser uma igreja diferente. Não podemos ser esquisitos no mundo real”, afirma.

A justificativa acima se explica: Lipão ministra seus sermões ao som de Coldplay, Chico Buarque e Jota Quest, artistas da música secular. Há pouco menos de um mês, ele já havia conquistado a atenção da mídia da cidade de Joinville (SC) por incentivar que os jovens carregassem uma cruz de madeira por 21 dias.

“Não tenho essa imagem para tentar alcançar o jovem. Tenho essa imagem porque sou jovem”, defende-se das críticas. “Jesus não ouvia música cristã, não ia às festas cristãs, tampouco só conversava com cristãos. Reavalie o que é santidade”, acrescenta o pastor, propondo uma reflexão que normalmente os líderes evangélicos desencorajam.

Com a postura menos tradicional, o ministério Onda Dura atraiu muitos fiéis gays e dependentes químicos. E Lipão explica: o segredo é ensinar a palavra de Deus, não empurrá-la “goela abaixo”, pois isso é o oposto do que a Igreja Primitiva fazia.

“Apenas pregamos o que está na Bíblia. Ela reprova essas atitudes, sim, mas ninguém aqui vai falar ‘você é pior do que eu’. Se alguém chegar para mim e falar ‘sou gay, fumo maconha e não quero mudar’, respondo: ‘Beleza, pode continuar’. Não é uma pegada de imposição”, conceituou o pastor em entrevista ao iG.

Fonte: Gospel+


Mais de sete milhões de brasileiros votaram em branco ou anularam seu voto

unnamed

Trecho do texto de Hélio Dias Viana

O partido atualmente no poder tem atacado as leis e a moral da Igreja (…) não apenas no tocante à promoção do aborto e do pseudo-casamento homossexual, entre outras abominações morais, mas também favorecido a invasão de propriedades privadas rurais e urbana, violando os Mandamentos que ordenam “Não roubar” e “Não cobiçar as coisas alheias”; além de incitar o ódio entre as classes, em aberta contradição aos ensinamentos do Divino Mestre relativos ao autêntico amor devido ao nosso próximo.

Mais de 50 milhões de compatriotas que repudiam os postulados anticristãos do Partido dos Trabalhadores acorreram às urnas para depositar seu voto, na esperança de dias melhores para o nosso sofrido Brasil.

Feito o cômputo geral, a candidata à reeleição ganhou por uma margem relativamente pequena de votos. Mas os verdadeiros vencedores foram aqueles que se mobilizaram e não cederam a uma máquina que vem há 12 anos ininterruptos aparelhando em seu benefício todas as instâncias do Estado brasileiro.

Por sua vez, os mais de sete milhões que anularam ou deixaram em branco seu voto assim agiram por não se sentirem representados nesta eleição. E o número seria muito maior se conhecêssemos as intenções de voto dos mais de 30 milhões que se abstiveram.

Longe de representar uma divisão do Brasil entre ricos e pobres, como certa mídia vem demagogicamente apregoando, e independente de geografia, condição social e econômica, credo ou raça, todos os participantes desta grande vitória moral devem unir seus esforços e prosseguir, com determinação isenta de animosidade e de rancores pessoais, o combate em defesa da Pátria e da Civilização Cristã ameaçadas.

Fonte: Agência Boa Imprensa


ARCA – Uma igreja diferente que se reúne no Centro do Recife.

20140405052056813850

A Arca nasceu como o Ministério Skatistas de Cristo e, inicialmente, seus integrantes – uma turma de jovens skatistas e frequentadores da cena underground – encontravam-se nas dependências da Primeira Igreja Batista do Recife, no Centro. A ideia era reunir pessoas que não se encaixavam em modelos pré-fabricados, mas que desejavam ouvir mensagens da Bíblia.
Ação de Rua e Cultura Alternativa (Arca) é o nome da igreja que surgiu em 1999 a partir da ideia de cinco skatistas, entre eles Caveira, cujo nome surgiu de sua silhueta esguia. Seus seguidores dizem preferir a liberdade imposta pelas ruas às paredes dos templos tradicionais. Contam que sentem-se mais à vontade. “O que importa é a espiritualidade e não o estereótipo”, afirma Caveira, formado em teologia pelo Seminário Teológico Batista do Norte do Brasil e único pastor da Arca no Recife.

Fonte: Templo Metal