Living The Life Without Labels

Posts com tag “contradições

Aparentes contradições da Bíblia – 45. Quando começou o reinado de Acazias, rei de Judá?

200px-Ahaziah_of_Judah

 

 

1Reis 8.25 declara que Acazias, rei de Judá começou a reinar no ano duodécimo de Jorão, rei de Israel; enquanto 9.29 afirma que Acazias assumiu o trono de Judá no ano undécimo de Jorão. A suposta contradição observada pelos céticos reside no fato de que o cálculo do reinado dos monarcas era feito de maneiras diferentes em Israel e Judá.

No sistema adotado em Judá, por meio do qual o reinado de Acazias foi contado, o primeiro ano oficial do governo começava no final do ano da posse. Já o sistema empregado pelos israelitas, o ano oficial do reinado era contado a partir do momento em que ocorria a coroação. Consequentemente, o que era considerado “ano onze” do reinado de Acazias em Judá, para o governo de Israel era “ano doze”, de acordo com o método de contagem empregado.

 

Estudo baseado em citações da Bíblia de Estudo Apologética do ICP.

Anúncios

Aparentes contradições da Bíblia – 44. Pedro vai ao túmulo de Jesus…

 

O texto de Lucas 24.12 diz que Pedro, ao chegar no sepulcro de Jesus já ressurreto, abaixando-se, não viu mais nada, senão os lençóis de linho que O envolviam; tendo, depois disso, se retirado para casa, maravilhado do que acontecera. Porém, o texto de João 20.6-7 diz que São Pedro viu os lençóis e o lenço que estivera sobre a cabeça de Jesus, e que não estava com os lençóis, mas deixados num lugar à parte. Acontece que São Lucas não cita o fato de Pedro ter entrado no sepulcro, mas somente se abaixado e visto de fora apenas os lençóis. São João conta os detalhes, citando exatamente que, depois de ter se abaixado e visto os lençóis, entrou no sepulcro e viu também o lenço.

 

Texto de Amauri Menezes, Metal Missionary com citações da Bíblia de Estudo de Genebra.


Aparentes contradições da Bíblia – 43. A idade do pai de Abraão

 

Gênesis 11.26: “Viveu Tera setenta anos e gerou a Abrão, a Naor e a Harã.”

Gênesis 11.32: “E, havendo Tera vivido duzentos e cinco anos ao todo, morreu em Harã.”

Se Abrão nasceu quando Tera tinha setenta anod de idade, e se Abrão partiu de Harã quando tinha setenta e cinco anos (12.4), após a morte de seu pai Tera (At. 7.4), a idade de Tera seria de apenas 145 anos quando morreu.

Várias alternativas  a esta aparente dificuldade tem sido apresentadas. Alguns sugerem que Estêvão, em Atos 7.4, se apoiou numa tradição textual diferente (o Pentateuco Samaritano traz “145 anos”). Outros propõem que a palavra hebraica “gerou”, no v.26, significa “começou a gerar” e que Abrão não era o primogênito.

 

Texto de Amauri Menezes, Metal Missionary com citações da Bíblia de Estudo de Genebra.


Aparentes contradições da Bíblia – 42. O rei Asa e o combate à idolatria

 

1Reis 15.14 diz que Asa não destruiu os altos de idolatria, o que parece contrdizer 2Crônicas 14.3.

Mas uma leitura atenta desfaz a aparente contradição entre os dois textos: 2Crônicas 14.3 diz que Asa aboliu o culto nos altos e 1Reis 15.14 diz que ele não destruiu esses altos.

 

Texto de Amauri Menezes, Metal Missionary.


Aparentes contradições da Bíblia – 41. A residência de Jeroboão

 

1Reis 12.25 registra que Jeroboão residia em Siquém, mas o 14.17 diz que sua casa era em Tirza. Alguns leitores, desatentos ou mal intencionados alegam haver contradição entre os dois textos. Mas será que o rei não podia nem mudar de residência, ou mesmo ter mais de uma casa?

Texto (com tom irônico) de Amauri Menezes, Metal Missionary.


Aparentes contradições da Bíblia – 40. Os trabalhadores de Salomão

 

1Reis 9.22 diz que Salomão não fez escravo israelita, mas o 5.13 diz que ele formou uma leva de trabalhadores dentre todo o Israel. Como assim?

Simples, 5.13 está se referindo a trabalho temporário e 9.22 a escravos fixos.

Texto de Amauri Menezes, Metal Missionary.


Aparentes contradições da Bíblia – 39. Davi compra a eira de Araúna.

 

2Samuel 24.24 diz que Davi, ao comprar a eira de Araúna, pagou cinquenta siclos de prata, mas 1Crônicas 21.25 registra uma soma muito maior, seiscentos siclos de ouro.

Fácil de explicar. 2Samuel 24.24 registra o que Davi pagou pelos bois (“… e pelos bois pagou cinquenta siclos de prata.”), e 1Crônicas 21.25 registra o valor pago pelo lugar, pela eira.

 

Texto de Amauri Menezes, Metal Missionary com informações do livro O Guia dos Curiosos da Bíblia do Pr. Wellington Carvalho (IAMF).