Living The Life Without Labels

Posts com tag “Megadeth

Megadeth se apresenta hoje em São Paulo

Ícone do heavy metal, a banda americana, liderada pelo guitarrista Dave Mustaine, faz show no Espaço das Américas, nesta terça (31). Recentemente, o grupo conquistou o Grammy de melhor performance de heavy metal pelo trabalho em “Dystopia” (2016), seu 15º álbum, que deve servir de base para a apresentação. Hits da carreira também aparecem no set list.
Espaço das Américas – R. Tagipuru, 795, Barra Funda, região central, tel. 4003-6860. 8.000 pessoas. Ter. (31): 22h. 90 min. 18 anos. Ingr.: R$ 240 a R$ 440. Ingr. p/ eventim.com.br.

Fonte: Folha de São Paulo

Anúncios

Revista em quadrinhos do Megadeth será lançada no Brasil

17342

Cryptic Writings of Megadeth é uma revista que adaptou para os quadrinhos 12 músicas da banda e agora será lançada no Brasil por um selo novo especializado em Heavy Metal.

Neste link você encontrara alguns locais aonde estará a venda pelo Brasil, e assim que outras localidades forem surgindo o site será atualizado.

Além das histórias em quadrinhos a revista também traz uma matéria baseada num bate-papo do criador da revista com Dave Mustaine. E você ainda pode ajudar esta revista a ser feita patrocinando-a e ganhando várias revistas em troca como você confere na abertura do álbum de imagens da página.

Agora, confira uma dessas histórias em forma de vídeo:
www.youtube.com/watch?v=0ONNR8Ct5XM

Fonte: Roadie Crew


Mustaine: o Metallica fez o certo ao demiti-lo em 1983

1476464164

Por Bruce William, Fonte: Team Rock, Tradução

Durante conversa com a Team Rock, Dave Mustaine falou sobre sua saída forçada do Metallica em abril de 1983. “Se você tem um cara que se torna violento quando bebe, e ele vive bêbado o tempo todo, tê-lo por perto não é bom para os negócios. Eu provavelmente teria feito a mesma coisa que o Metallica fez. Eu tinha problemas com álcool, custou meu emprego e dois amigos próximos. Mas eu não tinha um plano B. Viver de música era o que eu sempre quis, e não estava disposto a deixar o sonho morrer”.

Fonte: Whiplash!


Dave Mustaine: a própria mortalidade influenciou em suas criações

1457527863

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução

Em uma nova entrevista com a revista Paste, o frontman do MEGADETH, Dave Mustaine, falou sobre como sua própria mortalidade começou a influenciar o que ele cria. O músico disse: “Não quero ser redundante sobre a fonte de minhas citações, mas eu acho que Winston Churchill deve ser atribuído à citação que diz algo sobre ser mais liberal quando você é jovem, e quando você fica mais velho, você está mais inclinado a ser conservador e eu acho que muito disso faz sentido. A vida é como uma vela, e quando você chega ao final, o fogo acaba queimando com menos força.”

Ele então começou a falar: “Quero dizer, você olha para sua própria mortalidade, e as pessoas que tem só 20 anos ou menos do que eu, estão caindo como moscas. Claro que os remédios estão ajudando a aumentar a expectativa de vida, mas isso realmente lhe faz pensar no que vai ser deixado por você. Você pensa sobre isso. Scott Weiland morreu e esteve nas notícias durante dois dias e depois sumiu. Todas as grandes músicas que ele escreveu e os maravilhosos shows que ele fez, e a mesma coisa com Lemmy, mas por outro lado, a comunidade do Heavy Metal fez um grande trabalho em preservar sua memória e esse gigante nunca será esquecido, mas já está fora das manchetes. David Bowie foi um pouco mais devagar do que qualquer um deles, obviamente, mas então alguém como Glen Frey também se foi. Ele foi tão rápido para as notícias como saiu e ninguém nem comentou a morte de Natalie Cole.”

Ele adicionou: “Eu acho que sua vida é algo grandioso, mas é somente a linha entre o ano que você nasceu e o ano que você morreu. Tudo que você faz, tudo que dissemos, tudo que conquistamos, está resumindo nessa linha”.


Dave Mustaine ajudou o Metallica a entrar pro Hall da Fama

1452685005

Por Bruce William, Fonte: Blabbermouth, Tradução

Em conversa com o Noisey, Dave Mustaine falou sobre a importância que tem para ele o Grammy Awards: “O fato é que, no começo, o Grammy representava de fato muito para a gente. Daí começamos a perceber que não era tão simples quanto as pessoas pensam, pois os responsáveis tem que ouvir 45 álbuns de música latina, música havaiana e tudo quanto é tipo de coisa estranha, então quando vão ouvir metal eles já estão de saco cheio e votam no primeiro nome conhecido que aparecer, por isto que o Jethro Tull levou o prêmio”.

“Estou de bem com isto, se eu ganhar ou não, já sou bastante reconhecido. Já fui nomeado diversas vezes, então me dou por contente. Não estou satisfeito, mas pra mim tudo bem como está”.

Depois ele acrescenta: “Espero ser induzido ao Hall da Fama também, mas se não me querem lá, tudo bem. Digo, eu de certa forma estou lá por causa do Metallica, não importa o que aqueles caras digam ou o que tenham visto na cerimônia de indução, o Metallica não estaria lá se eu não tivesse passado pela banda, pois eu estava lá no começo, e isto me satisfaz”.

Minha opinião: Acredito que o Dave Mustaine  e o Metallica se amam reciprocamente. Um não vive sem citar o outro. (Amauri Menezes)

Dave Ellefson: elogia a conversão espiritual de Blackie Lawless

1448149585

Por Bruce William, Fonte: Blabbermouth, Tradução

Durante conversa com a Rock ‘N’ Load, Dave Ellefson, do Megadeth, elogiu a conversão espiritual de Blackie Lawless, do W.A.S.P., que disse recentemente acreditar que a bíblia foi escrita por inspiração divina.

W.A.S.P.: impossível terem escrito a Bíblia sem inspiração divina

“Acho que a conversão de Blackie foi fantástica. Fizemos alguns poucos shows com ele nos últimos anos, e sabendo de onde ele vem, quem ele é – pelo que sei seu pai era pastor da Igreja Batista – acho isto fantástico. Mas agora sobrou pouca coisa para ele escolher no repertório da banda, entende o que digo? Pois ele, mais que a maioria, sempre forçou os títulos das músicas para coisas apelativas”.


Megadeth: álbum oficialmente concluído; lançamento ainda sem data

1441196918

Por João Victor Oliveira, Fonte: Twitter

O 15º álbum de estúdio do Megadeth – primeiro com os novos membros Chris Adler e Kiko Loureiro – já está totalmente concluído. O frontman Dave Mustaine postou a seguinte mensagem em seu Twitter: “Eu ouvi pela primeira vez o ‪#‎Megadeth15‬ mixado e masterizado. Que grande projeto foi este! Grato pelos caras e por todos vocês. Boa noite.”

https://twitter.com/DaveMustaine/status/637096650092077056…

Ainda não se sabe se o álbum será lançado no fim de 2015 ou no início de 2016, mas espera-se que isto seja anunciado em breve.