Living The Life Without Labels

White Metal: novo filme está sendo produzido

1435586107

Por Queila Porto Fróes, Fonte: vimeo, Tradução

Estamos em 1987. As bandas de Hair Metal estão com tudo no Rock n ‘Roll Mundial. Uma das muitas bandas que disputam um lugar na história do rock é Tyger. Mas Tyger é um pouco diferente. Eles são cristãos, tentando viver o estilo de vida Rock n ‘Roll, até que, um dia, Deus coloca-lo em seus corações, a ideia de fazer músicas para Ele.

Depois de muito debate, Tyger muda seu nome para Iron Cross e usa a sua música para difundir o Evangelho. Isso não dá certo em Sunset Strip e a banda é ridicularizada por sua mensagem, mas elogiada por seu som Heavy Metal. Apesar das probabilidades, Iron Cross finalmente consegue um contrato de gravação e grava seu primeiro álbum. Sua gravadora envia-os em uma turnê.

As coisas nunca são exatamente como parecem. O povo cristão que o Iron Cross está tentando atrair rejeita a sua mensagem, por causa de seu estilo de música, e o público secular, que nunca realmente se importava com a mensagem está abraçando Iron Cross como qualquer outra banda de metal do dia.

Dizem que o que acontece na estrada fica na estrada. Mas, no caso do Iron Cross, o que acontece na estrada irá consolidar seu lugar na história do Rock n ‘Roll.

Participam do filme, John Schlitt (sim, o vocalista do Petra) e os caras da banda Chaotic Resemblance uma banda de glam metal cristão formada em 2006, Oz Fox de Stryper produziu o último álbum desses caras em 2014. A banda de verdade se torna uma banda fictícia. Também no elenco do filme está o Pastor Bob Beeman, que em 1984, viu que as igrejas não foram muito receptivas ao Metal Cristão, e começou o ministério chamado Sanctuary – O Refúgio Rock and Roll. Essa comunhão trouxe muitos músicos e grupos como Tourniquet, Deliverance, Vengeance e Mortal que logo se tornaria inovadores na formação da cultura da música cristã. O primeiro líder de adoração do santuário era vocalista do Stryper, Michael Sweet e mais tarde Jim LaVerde, baixista do Barren Cross.

Além disso, o baterista do Stryper, Robert Sweet, também foi escalado para um papel em God Gave Rock n ´Roll to You. A trilha sonora do filme é a versão do Bride da canção ¨God Gave Rock and Roll to You¨.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s