Living The Life Without Labels

Dia Mundial do Rock

Nenhum outro ritmo tem um dia separado no calendário mundial como o rock. Mas talvez, nenhum outro seja tão polêmico e controverso dentro e fora das igrejas. Em 13 de julho de 1965 foi realizado na Filadélfia (EUA) e em Londres (Inglaterra) o ‘Liv Aid’, um festival de música com artistas do pop e do rock mundial, que lutava para resolver os problemas da fome na Etiópia. A partir daí, comemora-se no dia 13 de julho, o Dia Mundial do Rock. E pegando carona na data que cai no próximo domingo, vamos conhecer um pouco mais desse gênero musical, que para muitos, é um estilo de vida. O início do rock, até hoje não tem uma data exata, mas a década de 50 é considerada fundamental para o estilo. Em 1951, um locutor americano apresentou em sua rádio músicas de cantores negros e brancos, sem distinção e para esse ritmo que nascia, ele usou pela primeira vez o termo rock and roll, antes utilizado para referir-se ao ato sexual em letras de música. Desde o começo o rock sofreu influências da música negra norte-americana, como o blues e o R&B, passando por várias fases durante os seus mais de 50 anos de história e ganhando diversas categorias como punk, folk, progressivo, grunge, heavy metal, hard rock, entre outras. Mas foi no início da década de 1950 que surgiu Elvis Presley, considerado o ‘Rei do Rock’, com sua voz potente e movimentos sensuais, chocando, na época, a sociedade norte-americana. Depois dele, o estilo foi difundido por todo os Estados Unidos e se espalhou pelo mundo, dando origem a um grande movimento jovem, por vezes rebelde, e finalmente se consolidando como um fenômeno para as massas. A partir de então, a lista de astros do rock só cresceu: The Beatles, banda inglesa que marcou a década de 1960 e fez surgir o termo beatlemania; Rolling Stones, considerados os bad boys do rock’n’roll com sua música debochada e ousada; Led Zeppelin; Bob Dylan; The Police; Iron Maiden; Metallica; Guns’n’Roses; Nirvana; Foo Fighters, e os mais recentes, The Strokes, Coldplay, Blink 182, Linkin Park, Evanescence, System of a Down, entre outros. E na música secular brasileira, são conhecidos Legião Urbana, Capital Inicial, Paralamas do Sucesso e Raul Seixas, que cantava que o ‘diabo é o pai do rock’. O rock, por tocar muitas vezes em assuntos polêmicos e ter um som mais barulhento, onde instrumentos como a guitarra e bateria podem ser bastante ouvidos, já causava espanto na época em que surgiu e até hoje é visto com maus olhos por algumas pessoas, principalmente dentro da igreja. Já houve um tempo em que era tratado como um ritmo inimigo do povo de Deus, e em muitas pregações era mencionado como estratégia satânica para tirar os jovens do caminho certo. Hoje em dia, essa situação já vem se transformando em várias igrejas e cantores do meio gospel utilizam o rock para abençar muitas vidas. Um dos nomes do rock cristão é o pastor e cantor PG, que recentemente lançou o DVD ‘Eu Sou Livre’, pela MK Music. Para PG, ter um dia reservado para o rock só reafirma que o estilo é admirado no mundo todo. ”A gente traz o rock pra igreja para mostrar que ele pode ser curtido com santidade. É muito bom falar de Jesus através dele. Hoje têm muitos jovens em todo o mundo que conhecem a palavra e se converteram através da mensagem de Cristo tocada pelo rock. Fico muito feliz pelo estilo ser lembrado”, comemora o adorador. Conhecida nacionalmente como uma das maiores bandas de rock, dentro e fora do mercado gospel, a Oficina G3 vem trasmitindo a mensagem de Deus através desse ritmo desde a década de 80. Para Juninho Afram, vocalista da banda, o rock é um estilo contagiante e que todas as idades gostam. “Eu diria que o rock é emocionante. E no meio evangélico é uma ferramenta muito poderosa, porque fala a linguagem dos jovens. Isso é muito bom, pois assim, muitos deles ouvem a palavra de Deus num estilo musical que se identificam”, compartilha o cantor. Para Flávio Lages Rodrigues, baterista da banda de rock e Ministério Post Trevor e um dos líderes do Ministério Planet Youth da Igreja Batista da Lagoinha, ter um dia próprio como manifestação mostra a relevância do gênero musical. Flávio é autor de dois livros sobre o tema, lançados pela MK Editora: A Liberdade do Espírito na Vida e no Rock e o Rock na Evangelização, que mostra como as igrejas estão refletindo sobre o fato de que ele também pode ser utilizado como manifestação cultural na evangelização dos ambientes Underground?s e Alternativos e, assim, passar de vilão a aliado na luta espiritual que está sendo travada para ganhar almas para o Reino de Deus. “Para nós cristãos, o rock é porta voz de uma juventude, uma tribo, ferramenta para evangelização, que transcende a questão do estilo musical, estética, postura e atitude. A polêmica que ele causa tem uma questão que está por trás, e não fica apenas na música. Há um preconceito que veio com uma elite que queria impor que tudo o que vinha da Europa era bom e o q vinha da África era ruim, com mais suingue, velocidade. Já existia uma estrutura por trás pra colocar o rock como demoníaco, diabólico”, explica Flávio. O fato é que o rock é um sucesso mundial e é o único gênero musical a ter um dia especialmente para comemorá-lo. Dia 13 de julho, dia do estilo que, entre polêmicas e discussões, tem levado muitas vidas à conhecerem Jesus Cristo. E, na verdade, isso que importa.

Fonte: MkMusic

 

Leia mais sobre o rock e sua relação com o cristianismo:

https://amngospel.wordpress.com/2011/10/09/quem-e-o-pai-do-rock-afinal/

https://amngospel.wordpress.com/2011/03/23/igreja-presbiteriana-cede-templo-para-shows-de-rock/

https://amngospel.wordpress.com/2010/03/04/a-historia-que-ninguem-contou/

https://amngospel.wordpress.com/2009/09/28/herois-da-fe/

https://amngospel.wordpress.com/2009/09/28/larry-norman-o-pai-do-rock-cristao/

https://amngospel.wordpress.com/2009/09/28/existem-bandas-cristas/

https://amngospel.wordpress.com/2009/09/27/hello-world/

Anúncios

9 Respostas

  1. thanks for the share.http://www.hdparanotebook.com

    13/07/2012 às 11:11

  2. even though the info is good and helpful, it needs more posts.http://www.activ-consulting.com

    13/07/2012 às 15:20

  3. interesting discussionhttp://www.tecladoonline.com

    14/07/2012 às 09:48

  4. good post.http://www.sxmvillas.com

    16/07/2012 às 06:28

  5. wow, nice article…keep sharing… http://www.ingressorapidos.net

    17/07/2012 às 09:00

  6. nice post thanks for sharing.http://www.dominiodisponivel.net

    17/07/2012 às 09:42

  7. the shared info is pretty helpful for professionals. thanks for sharing.http://www.imagnnet.com

    17/07/2012 às 11:26

  8. appreciate your posts as always! thanks.http://www.divulgaemail.com

    20/07/2012 às 04:28

  9. Pingback: Homepage

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s